Domingo, 26 de Abril de 2009

...

 

Só para lembrar a data. E jornais. E papel impresso. Coisas de que gosto mesmo.

publicado por PRD às 02:03
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Abril de 2009

...

 

O que me impressionou neste anúncio, que encontrei numa revista portuguesa dos anos 70, não foi o Banco ou a mensagem publicitária – mas a imagem do “livro de cheques”, que me “enviou” a uma velocidade alucinante para os meus 10, 12 anos, e para aquelas memórias fixas que guardamos dos nossos pais. Eu recordo com precisão o gesto do meu pai: tirar do bolso interior do casaco o “livro de cheques”, desdobrá-lo e começar a preenchê-lo...

... Isso: um livro com picotado, “canhoto” (à esquerda, óbvio) para anotar o valor, e uma folha de generosas dimensões onde se escrevia o que havia a escrever. Um objecto que pertencia ao mundo dos adultos.

Pensei nisto porque ao mesmo tempo – associação de ideias... – tentei encontrar na memória a ultima vez que fui forçado a passar um cheque e nem sequer me lembro. Foi seguramente há mais de um ano.

By the way: nem sei que raio é hoje o que resta do Banco Borges & Irmão...

publicado por PRD às 01:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

...

 

Há coincidências mesmo estranhas: depois de escrever o post sobre José Franco, tropecei literalmente num molho de revistas, no quarto onde guardo coisas antigas, e a primeira que olhei tinha na capa um presépio do ceramista. Era de Dezembro de 1972 e lá dentro apresentava um trabalho sobre o homem que construía no Sobreiro a “aldeia saloia que será a aldeia da saudade”. Em miniatura, como a imagem mostra. Parece que o sonho de Franco era, escreve-se, “construir uma escola para diminuídos físicos”, “mas a ideia não tem sido apadrinhada nem mesmo pelas pessoas de alta patente”.

Se calhar foi melhor assim: cresceu ali um espaço que habita o imaginário de muita, mesmo muita gente... E aqui fica então uma imagem de José Franco, assinada por António Xavier há 32 anos nas páginas da “Flama”...

publicado por PRD às 00:27
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

...

 

Na Primavera em que se lança por fim a edição portuguesa da Playboy - convenhamos, pouco imaginativa e/ou ousada... - fui buscar o álbum dos 50 anos da Playboy norte-americana e descobri capas geniais. Como esta, com a Miss December 1958, Joyce Nizzari, numa inteligente e original composição gráfica da revista. Tenho saudades de capas assim - seja numa Playboy americana (onde nunca mais se viram aventuras criativas desde esses anos 50, em que as vendas superavam o milhão de exemplares mensais), ou noutra revista qualquer...

publicado por PRD às 01:34
link do post | comentar | favorito

nota

Clique nas imagens para ver em tamanho maior.

links

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 17 seguidores

pesquisar

Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

arquivos

Setembro 2013

Maio 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

blogs SAPO

subscrever feeds