Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

...

 

Ao longo de 25 anos fiz muitos programas de televisão, devo ter estado “no ar” alguns milhares de horas. Dos tempos do Programa das Festas e dos Tempos Modernos, com a Ana do Carmo, ao Falatório da RTP-2 (que o Herman bem gozou, chamando-lhe “Engraxatório”...), passando pelo “Legitima Defesa” na TVI e o “Encontro Marcado” na SIC Mulher, a lista é grande. Mas a verdade é esta: na esmagadora maioria dos casos, quando alguém se quer lembrar de algo que fiz, do que se lembra é do “Canal Aberto” (RTP-1). Não porque tenha sido um momento relevante, que não foi, ou duradouro, que também não foi – mas por causa do cenário, da “montra” aberta para a 5 de Outubro e dos transeuntes a espreitar pelo vidro e dizerem adeus à família. Como uma vez me disse um homem de uma garagem, “lá o que vocês dizem não interessa nada, agora o pessoal lá atrás a dizer adeus é que eu não perco...”

... Encontrei esta foto, tirada minutos antes do programa estrear. Tratando-se de uma emissão em directo interactiva – das primeiras que se fizeram na nossa televisão -, tive no primeiro programa dois experientes homens da comunicação “olhos nos olhos” (ou ouvidos nos ouvidos, pela rádio...): Cândido Mota e Joaquim Letria. Estávamos em 1996...

publicado por PRD às 10:31
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Anonima a 29 de Janeiro de 2009 às 12:02
...fez bons programas, sim! pena nao continuar.....uma pena mesmo para nós Portugueses....
De Babão a 30 de Janeiro de 2009 às 00:45
Nesse tempo houve até uma empresa que resolveu estacionar, junto da montra aberta, uma carrinha com o nome bem à vista e muita gente vinha ali junto ao vidro fazer as suas reclamações com cartazes . Houve até alguém que resolveu declarar o seu amor à namorada.
Lembro-me do dia em que o Pedro decidiu mandar entrar quem estava para lá do vidro e deixou que participassem no programa para dizer de sua justiça.
O «Canal Aberto» deixou saudades.
De Blondewithaphd a 5 de Fevereiro de 2009 às 22:54
Engraçado, nessa altura eu passava milhões de vezes por esse vidro, nessa esquina da 5 de Outubro com a R. Laura Alves. Nem sei porque é que fui uma vez aí entrevistar o Fernando Pessa e não me deu para entrevistar um Pedro Rolo Duarte...

Comentar post

nota

Clique nas imagens para ver em tamanho maior.

links

mais sobre mim


ver perfil

seguir perfil

. 17 seguidores

pesquisar

Setembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

arquivos

Setembro 2013

Maio 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

blogs SAPO

subscrever feeds